Aparecida de Goiânia

Prefeitura de Aparecida realiza roçagem em bairros da Região Leste durante feriadão de Carnaval

Jardim Miramar e Setor Rosa dos Ventos foram beneficiados com o serviço na segunda e terça-feira de Carnaval

O serviço de roçagem de lotes baldios e áreas públicas em Aparecida de Goiânia não parou durante o feriadão de Carnaval. As equipes da pasta trabalharam em ritmo de plantão no Jardim Miramar e Setor Rosa dos Ventos na segunda,28, e terça-feira,1º. A roçagem também foi realizada no Setor Solar Central Park

Nesta quarta-feira,2, equipes de roçagem estão trabalhando na Avenida Jataí, também na Região Leste e no Setor Buriti Sereno.

A roçagem mecanizada, que utiliza tratores próprios da SDU, minimiza os problemas causados pelo mato alto, sobretudo, no período chuvoso. Além de melhorar o visual dos bairros beneficiados, o serviço também melhora a segurança, evitando que marginais usem o mato alto como esconderijo.

“Trabalhamos em ritmo de plantão para realizarmos a limpeza de centenas de lotes nesses dois bairros durante o feriado de Carnaval. Estamos percorrendo toda cidade com nossas equipes, porém, nesse período chuvoso o mato cresce muito rápido e os proprietários de terrenos não realizam a limpeza o que acaba sobrecarregando a administração municipal”, aponta o secretário de Desenvolvimento Urbano, Max Menezes.

Morador da Rua 126, no Jardim Miramar, Antônio Carlos comemorou a ação das equipes da SDU no bairro. “Estava precisando muito dessa roçagem, agora, ficou muito melhor para todo mundo; o mato estava muito alto. Ficou outra coisa com a limpeza”, disse sobre a força-tarefa no bairro em que mora.

Responsabilidade

 A limpeza de lotes sem edificações é de responsabilidade de seus proprietários, mas a Prefeitura de Aparecida de Goiânia realiza este serviço para minimizar os problemas causados pelo mato alto.

O secretário explica que a limpeza dos terrenos é cobrada no Imposto Territorial Urbano (ITU). Por isso, o proprietário deve manter o imóvel limpo. “Fazemos ainda um apelo para que o proprietário de cada lote faça a roçagem do seu terreno, além de murá-lo. Com isso, a pessoa colabora com o município e seus munícipes, deixando a cidade mais limpa, evitando a proliferação de insetos”, destaca.

Waldemar

Waldemar Rego é jornalista formado pela Faculdade Araguaia com diploma reconhecido pela Universidade Federal de Goiás UFG com extensão na área de mídia e política no cinema, fotografia jornalística e publicitária, diversidade cultural da mulher na comunicação, comunicação em tempos de mídias sociais, identidade visual em peças publicitárias e no jornalismo. Waldemar Rego também é artista plástico escritor e poeta.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo