Política

Mendanha afirma que Caiado comete mentiras eleitoreiras

O candidato ao Governo de Goiás, Gustavo Mendanha (Patriota), classificou o posicionamento do governador Ronaldo Caiado (União Brasil), candidato à reeleição, sobre diversos assuntos como “mentiras eleitoreiras”.

“O governador teve quatro anos para resolver o problema da energia em Goiás e nada fez e agora diz que a concessionária, que realiza um péssimo serviço perderá o contrato por caducidade até o fim do ano. Porém, a Agência Nacional de Energia Elétrica afirmou que atualmente não existe nenhum processo. Ao contrário do governador que comete uma mentira eleitoreira, eu apresento uma solução factível e que já foi aplicada antes”, argumentou Mendanha.

Mesmo confrontado durante entrevista para a TV Anhanguera, nesta quarta-feira, 14, quando a apresentadora comenta nota oficial da Aneel dizendo que não há processo de caducidade, Caiado sustentou a mentira que a Enel vai deixar o estado.

Gustavo defende que o Governo de Goiás precisa agir para resolver o problema de energia que afeta todas as regiões do Estado, independente de qual seja a concessionária.

O Plano de Gestão de Mendanha aponta a necessidade de implantação de 800 quilômetros de linha de extensão, aquisição de 20 subestações e reforma de outras 12 para melhorar a distribuição energética por meio de fomento ao setor produtivo de Goiás.

Apesar de fazer duras críticas a gestão do atual governador, Mendanha reconhece que Caiado foi um bom deputado federal e senador da República. “O governador tem demostrado que não estava preparado para o Poder Executivo e usa de mentiras eleitoreiras para tentar se manter no poder, o que é inaceitável. Deveria voltar para o Congresso Nacional onde teve uma boa atuação”, finaliza.

Lideranças de Formosa defendem eleição de Mendanha

A reflexão de Gustavo Mendanha foi durante agendas nesta quarta-feira, 14, em Formosa e na sabatina da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG).

“Serei governador de Goiás, de Formosa e todas as cidades. Vamos resolver a questão da energia, do transporte, e combater a fome. Vamos cuidar, de fato, dos goianos”, afirmou.

O candidato ao senado, João Campos, se comprometeu a não abandonar a cidade e ser parceiro dos parlamentares municipais, do governador Gustavo Mendanha e de Jovair Arantes, caso ele se eleja a deputado federal.
Lideranças de Formosa acompanharam Gustavo Mendanha durante a passagem pela cidade, que começou com uma grande carreata e finalizou em evento realizado pelo candidato Jovair Arantes.

Entre os apoios, estavam a presidente da Câmara, Roberta Brito, e os vereadores Joelson Trovão, Filipe Vilarins, professor Shinayder, Índio de Assis, e o advogado e produtor rural Carlos Eduardo.

Durante a carreata participaram ainda os candidatos Sargento Bueno Hernany, Wenner Patrick e Vera Formosa.

*Mendanha se compromete a atrair 100 mil novas empresas para Goiás*

Gustavo Mendanha cumpriu o compromisso realizado com a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), ao contrário do candidato à reeleição, Ronaldo Caiado, que faltou a mais um evento de interesse público. Sabatinado na tarde de quarta-feira pelo setor produtivo, Mendanha assumiu a meta de criar ambiente favorável aos negócios para abertura de 100 mil novas empresas, a partir da instalação de polos industriais em todas as regiões do Estado de Goiás. Como prova de que têm condições de fazer isso, Mendanha lembrou que Aparecida tinha em 2008, seis mil empresas ativas, em 2016, quando sucedeu Maguito Vilela, a cidade contava com mais de 35 mil ativas e quando deixou o mandato de prefeito para disputar o governo de Goiás já eram quase 70 mil empresas ativas.

Gustavo também lembrou da estratégia de escalonamento regional do comércio, implantada em Aparecida durante a pior fase da pandemia, que ajudou a preservar a economia e a salvar vidas, como exemplo de sua capacidade de dialogar com todos. “Ao contrário do atual governador, que baixou decreto e foi para a praça pública tentar impor suas ordens, eu com equilíbrio dialoguei com todos e adotamos um modelo equilibrado que preservou vidas e empregos”, afirmou Mendanha.

Waldemar

Waldemar Rego é jornalista formado pela Faculdade Araguaia com diploma reconhecido pela Universidade Federal de Goiás UFG com extensão na área de mídia e política no cinema, fotografia jornalística e publicitária, diversidade cultural da mulher na comunicação, comunicação em tempos de mídias sociais, identidade visual em peças publicitárias e no jornalismo. Waldemar Rego também é artista plástico escritor poeta com vários livros a serem publicados.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo