Política

Entidades médicas apoiam Mendanha

Entidades médicas pediram ao candidato a governador pela Coligação Estado Inteligente (Patriota, Republicanos, DC, PMB, Agir e PMN), Gustavo Mendanha, que se eleito mantenha diálogo com a classe médica para participar das decisões relacionadas à área da saúde.

“Não estamos atrás de cargos, estamos buscando participação nas decisões, só queremos ser ouvidos”, disse o presidente da Associação Médica de Goiás, Washington Luiz Rios.

Mendanha lembrou da forma equilibrada como tratou o enfrentamento à pandemia, com o escalonamento regional, e com bastante investimentos aplicados , acima do mínimo exigido, por lei, com 28% de investimentos da verba pública em saúde, enquanto o Estado aplicou, mesmo durante a pandemia, só o mínimo obrigatório (12%). Os dirigentes das entidades referendaram a abertura ao diálogo para condução das ações em saúde à frente da Prefeitura de Aparecida.

Mendanha apresentou o Plano de Gestão que propõe a regionalização da saúde. De acordo com o candidato pela oposição, 95% dos serviços de alta complexidade se encontram apenas em Goiânia, Aparecida e Anápolis. “Nós vamos ofertar os serviços de média e alta complexidade nas cinco macro regiões do Estado de Goiás, deixando o serviço mais perto do cidadão. Para isso o que governo não conseguir oferecer diretamente, iremos ofertar via parceria público privada”, pontuou Mendanha.

A presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de Goiás, (Simego), Francine Pereira, colocou as entidades à disposição para estruturar o atendimento à saúde no interior. “Sem saúde não dá para começar a falar em outros direitos. Sem saúde não dá pra lutar pela educação ou alimento de cada dia. Nós colocamos a disposição para ajudar o governo no processo de regionalização”, afirmou a médica.

O encontro com representantes da Associação Médica de Goiás, do Sindicato dos Médicos do Estado de Goiás, Conselho Regional de Medicina e Associação dos Hospitais Privados de Goiás ocorreu na sede da da primeira entidade e contou com a presença do candidato a senador João Campos e do médico, presidente estadual do PMN e candidato a deputado Paulo Daher e do secretário de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães.

*Gustavo Mendanha tem agenda intensa com vários segmentos*

Nesta terça-feira (19), no período da tarde, Gustavo Mendanha se reunirá com os representantes dos empresários do maior Polo de Moda do Estado de Goiás, localizado na região da Rodoviária de Goiânia, Sindjustiça e com a Associação dos Policiais e Bombeiros Militares, Sindicato da Polícia Civil e Associação das Pensionistas PM/BM e Caixa Beneficente PM/BM.

Em todas o objetivo é estabelecer o diálogo com as diferentes frentes, escutando as reivindicações e apresentando projetos contemplados no Plano de Gestão de Mendanha. O governadoriável do Patriota pede que as lideranças analisem suas propostas e vote para retirar o governo de Goiás do atual marasmo administrativo. “O governador que aí está ficou quatro anos e nada fez. Peço a oportunidade de governar, servir ao povo que empreende e trabalha muito por Goiás”.

Waldemar

Waldemar Rego é jornalista formado pela Faculdade Araguaia com diploma reconhecido pela Universidade Federal de Goiás UFG com extensão na área de mídia e política no cinema, fotografia jornalística e publicitária, diversidade cultural da mulher na comunicação, comunicação em tempos de mídias sociais, identidade visual em peças publicitárias e no jornalismo. Waldemar Rego também é artista plástico escritor poeta com vários livros a serem publicados.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo